Dietas Saúde

#PlanoDeVerão: O perigo das dietas para emagrecer rápido!

Não se iluda com as dietas milagrosas!

Dietas de celebridades, da sopa, do vinagre, cookies, gelo e por aí vai… São muitas as dietas existentes por aí e volta e meia tem a tal “dieta da moda”, a “dieta do momento”.

Mas você sabe o RISCO dessas mudanças alimentares para a SAÚDE? Várias dessas dietas cortam nutrientes importantes para o nosso organismo e podem acarretar PROBLEMAS futuros como osteoporose, doenças cardíacas, gastrites, anemias.

Uma dieta saudável deve equilibrar os nutrientes que o corpo precisa, em pequenas porções distribuídas ao longo do dia, permitindo ao corpo repor as colorias necessárias para o funcionamento perfeito. Para isso precisamos de um conjunto de nutrientes: carboidratos, proteínas, lipídios, gorduras… Talvez demore um pouco mais para você perder peso? Sim, talvez. Mas, você acha normal/saudável a promessa de perder 5 ou mais quilos em uma única semana? Cortando alimentos importantes para a saúde? Pense bem e avalie se vale a pena esse risco.


Foto: Reprodução

Algumas dessas dietas malucas feitas para perder peso rapidamente e os riscos que elas trazem para a saúde:

Dieta do gelo:
Para manter a temperatura adequada do corpo nosso organismo usa energia, implicitamente calorias. Com isso, quando ingerida grande quantidade de água gelada ou gelo, o organismo para manter a temperatura do corpo mais quente, queima calorias nesse trabalho. Até aí parece uma maravilha né? Mais um motivo para bebermos no mínimo 2 litros de água por dia! Porém, muitas pessoas (inspiradas em modelos e celebridades) substituem refeições completas, deixando de lado alimentos necessários para o corpo, para comer gelo! Parece loucura? Sim, é loucura. Mas, acontece.

Papinha de bebê:
Uma das últimas tendências de dieta entre as celebridades é comer aquelas papinhas de bebê, vendidas em potinhos pequeninos, substituindo algumas refeições do dia. Não preciso nem dizer nada né? É claro que essas porções de papinha não oferecem vitaminas suficientes para o corpo de um adulto, são feitas especialmente para bebês, que necessitam de quantidade menor de nutrientes e gastam uma quantidade de calorias muito inferior a um adulto. Ao invés de comer papinha, que tal caprichar no prato de salada, nas frutas, nos sucos naturais, gelatinas, carnes magras?

Dieta da sopa:
Aparentemente inofensiva, pois tem muitos legumes e dá a impressão de ser bem nutritiva, porém é pobre em proteínas e pode causar grande fraqueza. Então, ao invés de ficar durante um longo período somente consumindo sopinha, que tal colocar a sopa como uma opção do seu cardápio, comendo um pratinho no jantar umas duas vezes por semana?


Foto: Reprodução

Dieta da lua:
É permitido consumir somente líquidos, como sucos de frutas, chá, caldos de carne ou de legumes após a mudança da lua. Pobre em proteínas e vitaminas leva a pessoa a comer o dobro no dia seguinte. Normalmente, estas dietas não causam perda de gordura, mas sim de água e massa muscular.

Dieta dos cookies:
Seis cookies por dia mais uma boa refeição para diminuir 4,5 quilos por mês. Onde está o perigo: muita gente achando que é qualquer cookie que pode ficar sendo ingerido durante o dia, e cortando refeições! Erro perigoso. Pois, a tal da dieta dos cookies só tem efeito com os biscoitinhos de um tal Dr. Siegal – que já lucrou milhões de dólares. Os ingredientes dos cookies são um mistério restrito ao doutor e sua esposa, mas fala-se em aminoácidos especiais, uma mistura de proteínas derivadas do trigo, de ovos e do leite que dão a sensação de estômago cheio.

Dieta do vinagre:
Ingestão de duas colheres de sopa de vinagre de maçã antes das refeições, além de temperar as saladas e os alimentos com o líquido. Dizem que queima gordura, mas essa eficácia ainda não foi cientificamente comprovada. E será que tanta acidez no estômago faz bem mesmo?

Uma dieta saudável conta com o bom senso e o equilíbrio de três principais nutrientes: carboidratos, proteínas e lipídios. Certamente se houver a eliminação de um destes componentes haverá problemas para a saúde.

LEMBRE-SE:
Equilíbrio é a palavra chave! Sem exageros com a comida, sem excessos de gordura, carboidratos, proteínas. Mas, sem cortar drasticamente nada! E antes de iniciar qualquer dieta, procure um profissional da área de nutrição. Além de não esquecer que só a dieta/re-educação alimentar não faz milagre. Para emagrecer com saúde, não deixe os exercícios físicos de lado.

Espero que tenham gostado do post ;)
E agora me conta: conhece mais alguma dieta maluca?
Já fez alguma dieta que prometia milagres?

Participe do #PlanoDeVerão, ainda dá tempo:

Facebook: Grupo #PlanoDeVerão aberto para vocês trocarem idéias, dúvidas e dicas.
Nutricionista por email: Cardápios, dúvidas, trocas inteligentes? nutricionista@planofeminino.com.br.
Personal trainer: Quer um treino para malhar? personal@planofeminino.com.br.



Você também poderá gostar...

Deixe seu comentário

  • Andreia Evaristo

    Já fiz a dieta da USP, grande roubada – baseia-se em ovo cozido, café e bolacha de água e sal. E não emagrece.

    Já a milagrosa dieta do Dr. Atkins, que corta completamente os carboidratos e baseia-se em proteínas gordas.

    Pior é que a gente se ilude: até emagrece, mas depois volta a engordar.

    Reeducação alimentar é a única forma de manter uma vida saudável.

    Beijinho.

    • Oi Andreia, é bem isso mesmo! Com essas dietas "da moda", emagrecemos sim, mas não são dietas que conseguimos (e podemos!) manter por muito tempo… ou seja, depois engordamos de novo! Re-educação alimentar é mudar o estilo de alimentação, é não passar fome, é comer para se saciar, mas comendo coisas saudáveis, e de 3 em 3 horas… algo que dê para continuar para o resto da vida…
      Bjinhos e vamos firmes e fortes!

  • Oi Liri.

    Mto bom o post.

    Como te falei, chega dá um medinho em saber q por causa das pressões da sociedade, as pessoas tem coragem de se arriscar com dietas perigosas. Sem saber q para uma vida saudável é necessário mudança de hábitos (alimentação, ativ. física, sucesso, amizades, amor).

    Hj tenho uma vida mais traquila, pois tive q me "descobrir". Saber o q posso e o que não posso! Não é tão dificil assim! Bas ta vc qrer.

    Sucesso nesse novo estilo de vida.

    Bjusss

    • Oi Su!
      Te admiro um montão guria! Vc mantém a forma, faz exercícios, super equilibrada e de bem com a vida! É isso aí!!! Bjinhos, Liri.

  • Michele Montier

    Oi Liri,

    Excelente seu post!

    Não sou muito de fazer essas dietas mirabolantes…

    mas já vi muita gente fazer essas dietas que vc falou…

    e não terminar bem!

    • Oi Michele!
      É isso mesmo… muitas pessoas querendo emagrecer rápido e sem "grandes" esforços, acabam prejudicando a saúde em busca de alternativas falhas. Bjs, Liri.

  • Conheço algumas dessas dietas malucas haha

    Dieta da USP já citada, dieta do leite, dieta líquida, e por aí vai.. Mas reeducação alimentar também não é nada fácil, mas ninguém lembra disso na hora de citar ela né?! :P

    E ainda fazendo uma reeducação alimentar super saudável, as pessoas tem que cortar muitos alimentos sim, e muitas vezes diminuir a quantidade de certos grupos alimentares..

    Mas quem quer se manter em forma, tem que se esforçar não é mesmo?

    O meu maior problema são os exercícios, não tenho empenho para fazê-los :(

    • Oi Jéssica! Pois é, re-educação alimentar não é fácil não. Já comentei aqui em alguns posts. Mas, é a alternativa mais saudável. Corta alimentos sim, mas não nutrientes (como falei). O que não pode sair cortando é carboidrato, proteína, lipídios… tudo coisas que o organismo precisa. Agora, cortar alguns alimentos prejudiciais como frituras, refrigerante, etc… tem que ser né? rs… Bjs.