Hidratante Jean Marie Farina da Roger & Gallet e sua história.
Corpo Cosméticos

Hidratante Jean Marie Farina da Roger & Gallet e sua história.

Uma das fragrâncias mais tradicionais do mundo!

Jean Marie Farina foi a primeira água de colônia da história! Desde então é um sucesso e sua fragrância também perfuma sabonetes e hidratante. Eu estou usando o hidratante corporal e agora vou falar um pouquinho dele para vocês ;)


Foto: Reprodução

Primeiro, um pouco da história, que é super interessante!

Em 1695, Gian Paolo Feminis criou a Aqua Mirabilis (“água admirável”), com propriedades terapêuticas (era um destilado de plantas medicinais), patenteada na Faculdade de Medicina de Cologne, Alemanha, em 1727. O perfumista Jean Marie Farina herdou a fórmula secreta e a renomeou para “Eau de Cologne”, em homenagem à sua cidade natal. Em 1806, ele se mudou para Paris e abriu sua boutique, construindo com sucesso a primeira Água de Colônia da história.

Com o costume de assinar todas as embalagens para evitar cópias, Farina criou uma ampla gama de produtos de cuidados pessoais e se tornou o perfumista mais famoso da corte europeia. Napoleão Bonaparte foi seu mais notório embaixador, chegando a usar 60 frascos por mês. O imperador era tão fanático pelo perfume que chegava a beber a fragrância. Como viajava muito, Jean Marie Farina desenvolveu para Napoleão e sua equipe a “Rouleau de L’Empereur”, uma embalagem especial (fina e comprida) para entrar em suas botas. Detalhe: a fórmula que Napoleão usava é a mesma dos perfumes, sabonetes e hidratantes que são vendidos hoje.

Em 1862, Armand Roger e Charles Gallet criaram a Parfumerie Roger & Gallet e compraram o precioso catálogo da casa “Jean Marie Farina”, que já era internacionalmente conhecida. Em 1879, a marca Roger & Gallet criou o primeiro sabonete perfumado redondo, desde então delicadamente embalado com o mesmo papel de seda plissado utilizado hoje em dia. A partir de 1900, Roger & Gallet começou a exportar seus produtos para os cinco continentes.

O hidratante corporal Jean Marie Farina…

Para ela, para ele. A irresistível frescura do leite corporal hidratante Jean-Marie Farina mergulha-o no coração de um jardim de Itália, à borda das águas límpidas do Mediterrâneo, onde limoeiros e laranjeiras se deleitam ao sol, despertam a sua pele numa cascata refrescante e cintilante de prazer. Fluido, não gorduroso, absorvido rapidamente, nutre de forma duradoura. Hidratada e acetinada, a pele reencontra flexibilidade, suavidade e elasticidade.


Foto: Resuminho Básico

As famosas notas dessa fragrância clássica!

Notas de cabeça: hesperídeas (bergamota, limão).
Notas de coração: laranja (neroli, petit grain) e campestre (alecrim).
Notas de fundo: madeira de cedro, de sândalo e de murta.
No hidratante corporal a concentração da fragrância é de 5%.

Um perfume cítrico e maduro, graças ao fundo amadeirado, totalmente unissex!

Há quem odeie e há quem ame. Eu aprendi a amar! Sempre gostei de perfumes mais femininos, levemente abaunilhados ou com patchouli. Jean Marie Farina não tem nada disso! Quando senti pela primeira vez o perfume, a primeira coisa que me veio à mente foi: “Cheirinho de antiguidade!”, depois pensei: “Não é muito feminino! Muito amadeirado!”. E é assim… um clássico mesmo, que você precisa se acostumar aos poucos, tem cheiro de perfume antigo, tem cheiro de vô, de vó, de tio, de tia :) Remete ao passado, à lembranças, e conforme você vai amadurecendo, vai gostando mais dele. Definitivamente, não considero um perfume jovial.

E uma coisa precisa ser mais que reconhecida:
Os sabonetes e hidratantes da Roger & Gallet são super hidratantes! A textura é maravilhosa e rende muito. A pele fica sedosa, um pêssego, super macia, hidratada e perfumada. Para você se sentir uma princesa.

O preço varia entre R$ 60 e R$ 70.
Você pode comprar em perfumarias ou drogarias, como Panvel e Farmagora. Na Farmagora (que é parceira do Resuminho Básico) está em promoção por R$ 55.

People, gostaram de conhecer uma pouquinho mais sobre a história dessa fragrância tão clássica? E o que acharam das notas e aparência do hidratante? Aguardos os comentários <3



Você também poderá gostar...

Deixe seu comentário

  • Parabéns pelo post, adoro ler a histórias dos perfumes, e esse me surpreendeu bastante. Você descreveu ele muito bem, não é um perfume que se ama a primeira "cheirada", mas a gente vai aprendendo a gostar, agrada mais o público masculino, mas é unissex. Adoro seu blog!

    • Oi Adriana, obrigada pela contribuição! Realmente, agrada mais ao olfato masculino. Bjs!!!

  • jaqueboldt

    Arrasou Liri..adorei o post..é sempre bom conhecer um pouco mais do que adoramos!!

    Beijos

    • Oi Jaque! Obrigada. Também adoro ler a história das marcas e produtos. Bjsss.

  • Dione

    Legal, não conhecia a história. Adoro o sabonete uso em ocasiões especiais, ele dura-dura-dura…

    • Oi Dione, os sabonetes da Roger & Gallet são ótimos!!! Duram muito né? Fazem uma super espuma e o cheirinho na pele fica muito bom durante horas. Bj!!

  • Larissa

    Nossa
    eu adoro essa colônia do Roger & Gallet, não sabia que ela era a primeira
    água de colônia da história, haushaushaush…comprei a minha nesse site http://aromatta.com/site/perfume-roger-gallet-jean-marie-farina-unissex.html
    fica a dica meninas a loja é ótima, bjs!!!!

  • Luiz Emiliano