Corpo Cosméticos

Bronzeamento a jato – corpo dourado sem prejudicar a pele

Através de jatos de ar uma loção bronzeadora é aplicada na pele.

A técnica do bronzeamento a jato passou a ser muito usada, porque muitas pessoas não têm o tempo necessário de ficar deitada na praia para pegar uma corzinha e porque não querem correr o risco da exposição ao sol ou a utilização de uma cama de bronzeamento artificial. Além disso, o resultado desta atividade é bastante gratificante e o melhor: pode ser visto na hora.

O modo como esta técnica funciona é bastante simples.

Primeiro você deve achar uma clínica de estética de sua confiança. Daí, logo em seguida, você tem a possibilidade de usar biquíni ou não e, com um jato de ar, recebe a aplicação de uma loção bronzeadora. A pele é tingida. Geralmente é usado um pigmento extraído do açúcar e da beterraba. Trata-se do DHA (dehidroxicetona). Ele não contém agentes químicos agressivos e, dificilmente, provoca algum tipo de alergia, de acordo com a especialista.

A aplicação deste procedimento dura, mais ou menos, 10 minutos e outros 20 minutos para secar a tinta. Isso tudo acontece com o cliente em pé, com as pernas afastadas e com os braços estendidos na altura dos ombros. Pode não ser uma posição muito confortável para alguns, mas garante resultados perfeitos.

Quanto tempo o bronzeamento artificial dura na pele?

Os tons mais dourados, por exemplo, duram aproximadamente duas semanas. A partir desta data, o bronzeado começa a desbotar e ficar mais claro, mas isso acontece porque as células da superfície da célula se renovam constantemente. Não ache que isso acontece porque os produtos usados eram de má qualidade ou porque a esteticista não conhecia direito a técnica. A superfície da pele se renova constantemente, por isso é importante retirar as células mortas antes de espirrar os jatos.

Mas tente fazer a aplicação em um final de semana, porque a tinta leva cerca de oito horas para secar completamente no corpo. Também é indicado usar roupas mais soltinhas enquanto o produto não adere à sua pele (a mesma dica vale para o calçado, prefira uma sandália aberta, que deixe os pés à vontade). Assim você evitará manchas nas roupas e também na pele.

Não esqueça de fazer esfoliação!

Uma boa esfoliação é a pedida. O ideal é remover as células mortas duas vezes: uma semana antes de receber o jato e no dia da aplicação, pouco antes dela. A esteticista vai esfoliar e hidratar a pele, deixando-a preparada para ser bronzeada. Isso ainda vai evitar as manchas, que surgem quando uma parte do corpo acumula mais células mortas do que outra.

Saindo da clínica, você pode tomar sol sem medo.

Desde, é claro, que passe filtro solar. A camada de dehidroxicetona não protege você contra os raios ultravioletas. Ou seja, dá para se bronzear normalmente, enquanto a cobertura desbota. Quando ela finalmente for embora, você não terá do que sentir vergonha. Ao contrário, vai é querer exibir a marquinha de sol.

Fontes: Revista Minha Vida e Tudo em Foco



Você também poderá gostar...

Deixe seu comentário